A Apf – Associação de Professores de Filosofia e o CFAE Beira Mar promovem o curso de formação creditado TEORIAS DA JUSTIÇA: UMA PERSPETIVA CRÍTICA, orientado por Alexandre Franco de Sá e Isabel Bernardo.
Alexandre Franco de Sá é Professor Auxiliar do Instituto de Estudos Filosóficos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, Brasil. Doutor em Filosofia, especialidade Filosofia Moderna e Contemporânea, pela Universidade de Coimbra. Vice-Presidente da Associação Portuguesa de Filosofia Fenomenológica. Tem dado formação a professores em Filosofia Política.
Isabel Bernardo é professora na Escola Secundária Lima-de-Faria, em Cantanhede. Licenciada em Filosofia, tem uma pós-graduação em Gestão de Bibliotecas Escolares. É coautora de um manual escolar. Tem dado formação de professores em didática da filosofia, educação e formação de adultos, bibliotecas escolares, competências digitais e introdução de dispositivos móveis na educação. Dinamizadora do projeto “Literacias na escola: formar os parceiros da biblioteca” do qual faz parte “O aprendiz de investigador” (aprendizinvestigador.pt).

Partindo de um enquadramento teórico de exploração da teoria da justiça de Rawls e das críticas comunitarista e libertarista, o curso permitirá ao formando elaborar materiais didáticos a aplicar em sala de aula.

Razões justificativas da ação
Fornecer instrumentos teóricos para pensar as questões que interpelam as sociedades contemporâneas e os indivíduos e criar condições de aprendizagem para que estes instrumentos possam ser analisados de forma crítica, nomeadamente na sua capacidade de nos permitir ler a realidade e fundamentar a nossa ação, eis o papel fundamental e, único, do conhecimento filosófico no currículo para o século XXI, nomeadamente no currículo do Ensino Secundário.
Porém, a formação contínua de professores em Portugal não tem, nos últimos anos, proporcionado aos professores o acesso regular a formação creditada que lhes permita abordar e / ou aprofundar o conhecimento filosófico de temas que são significativos para pensar o mundo contemporâneo e que permitam ao professor contextualizar e densificar o conhecimento a partir do qual fazem a gestão do currículo, nomeadamente no que se refere a pensamento filosófico contemporâneo.
Com esta ação pretende-se, assim, por um lado, que os formandos consolidem e aprofundem a seu conhecimento filosófico em áreas relevantes no curriculo da disciplina de Filosofia e, por outro, que em trabalho colaborativo, planifiquem e elaborem recursos didáticos aplicáveis em sala de aula e que mobilizem os alunos enquanto aprendentes ativos, autónomos, críticos e dotados de um pensamento complexo.
Os recursos a produzir pelos formandos serão ainda coletivamente discutidos (quanto à sua consistência teórica, à sua adequação didática e ao seu potencial pedagógico) em trabalho assíncrono. A objetivo é que os recursos a elaborar funcionem como casos práticos que suscitem perplexidade nos alunos, de modo a que estes sejam capazes de discutir teorias filosóficas e de as usar enquanto instrumentos de leitura e compreensão do mundo.

Duração e modalidade:
20 horas em elearning (09 horas síncronas e 11 horas assíncronas de trabalho autónomo do formando)

Plataformas:
Zoom – para sessões síncronas; Moodle para sessões assíncronas

Calendário das sessões síncronas:
Em maio de 2018, a definir

Preço: 60 euros associados da Apf com quotas em dia; 80 euros não associados
Nota 1: o pagamento far-se-á à Apf após confirmação da entrada na turma; indicações para o pagamento serão enviadas para o mail do formando fornecido no ato de inscrição.
Nota 2: associados da ASSP poderão solicitar à mesma o apoio na inscrição (veja aqui).
Nota 3: o acesso às plataformas será fornecido aos formandos através de correio eletrónico; do ponto de vista do formando, o acesso às plataformas é muito simples e serão enviadas indicações antes do início da formação; os formadores apoiarão os formandos na utilização destas plataformas.
Nota 4: podem ocorrer alterações ao calendário das sessões síncronas, desde que os formadores e todos os formandos estejam de acordo.

Inscrições
Inscreva-se até 30 de abril de 2017 em https://goo.gl/forms/aex6WoaEOLwYfhHJ2
Após confirmada a presença na turma (em função do número mínimo de 15 e o número máximo de 22 inscritos), o CFAE enviará por correio eletrónico a ficha do CFAE que deve ser preenchida e validada nos Serviços Administrativos da Escola dos formandos.
A ficha, validada, deve ser enviada para cfaebeiramar@esjcff.pt. O comprovativo de pagamento deve ser enviado para apfilosofia@sapo.pt